segunda-feira, 25 de agosto de 2008

[ Achados&Perdidos ]


Dizem que o Luiz e eu não aparentamos a idade que temos. Ficamos sempre lisonjeados. Ah, nada como um elogio para tranqüilizar o ego. Pois é, outro dia achamos entre os objetos perdidos em nosso baú, esta foto. Agora ficamos mais do que perdidos e confusos, será que ultrapassamos os séculos e não sabíamos? Será que somos imortais? Estamos lendo muitos livros de vampiro, por causa da nossa adolescente, rs. Fisicamente imortais? Creio que não, mas somos imortais, sim, na imaginação. Ou gostaríamos de ser, sei lá. Olha só, já estamos perdidos de novo em indagações. Mas, se fosse possível, nós queríamos mesmo voltar ao passado romântico. Veja que roupas elegantes, os chapéus, as luvas e a bengala. Tudo tão tranquilo, ou tranqüilo (?). Nada de celular, cartão de crédito, efeito estufa, observe só a relíquia atrás de nós! Enfim, aí vai um pouco de devaneio nesse mundo caótico... Boa semana.


Ah, a Cassy, uma amiga, fez um comentário bem legal do nosso livro A última guerra, lá no seu blog, confiram!

Um comentário:

Petê disse...

Ah, tempo bom foi esse, não? Em que tínhamos tempo para o mundo. E agora?

A última guerra já está no Vermelho Carne. Dêem uma passadinha lá, quando der.

Abração!