segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

[Recordações do balacobaco 5: Coincidências maravilhosas 28/03/06]

Nesses últimos dias ficamos fãs de carteirinha de Neil Gaiman e do ilustrador Dave McKean. Foram coincidências atrás de coincidêndias que nos levaram ao mundo fantástico desses autores. Primeiro o livro, depois a saudade de um bom teatro e, por fim, um domingo frio de outono, em que alugamos um DVD.


Lemos a tradução de Coraline, romance que conta a história de uma menina que descobre uma porta no apartamento para o qual ela se mudou com os pais. Uma porta que a leva a uma bizarra e sinistra realidade paralela. Supostamente escrito para crianças, Coraline é uma versão mais escura e assustadora de Alice no País das Maravilhas. Coraline é uma surpresa. O livro trabalha com os pesadelos mais íntimos de todas as crianças [da criança que está em nós] e, com uma habilidade quase cirúrgica, consegue deixar o leitor arrepiado, amedrontado e fascinado. Depois assistimos à peça baseada na mesma obra: Olhos de Coral, com texto de Paulo Rogério Lopes e Tiche Vianna. Direção: Tiche Vianna. Atores: Bruno Garcia, Cláudio Camargo, Débora Zamarioli e outros. Essa peça ficará no Centro Cultural São Paulo até 7 de maio. Ingr.: R$ 6. Muito boa, levem os seus filhos. A nossa Érica e a sua amiga, Flora, adoraram!


E, por último, assistimos ao maravilhoso filme recém-lançado Máscara da Ilusão, também baseado em uma graphic novel de Neil Gaiman. O filme, inédito nos cinemas brasileiros, chega direto em DVD e mostra a trajetória da jovem Helena (Stephanie Leônidas), que trabalha num circo e deseja fugir e viver uma vida comum. Ela se encontra em uma estranha jornada rumo a Dark Lands, um lugar fantástico repleto de gigantes, pássaros-macacos e esfinges perigosas. Helena está à procura da Máscara da Ilusão, um objeto de enorme poder e também sua única esperança de escapar de Dark Lands, acordar a Rainha da Luz e retornar para casa. Direção: Dave McKean. Produção: Simon Moorhead. Fotografia belíssima: Tony Shearn. Trilha Sonora: Iain Ballamy. Para saber mais sobre Neil Gaiman clique aqui e depois aqui (rs).

Um comentário:

Cristiane disse...

Oiê!
To louca para mergulhar no mundo de Coraline também!
Tereza, você pode me enviar um email com seus contatos? queria te sugerir uma coisa bem legal!
beijos!!
Cris Rogeiro