sexta-feira, 28 de novembro de 2008


[ O que é felicidade? ]


Por Cristiane Rogerio e Tamara Foresti

“Felicidade é paz para todo mundo e para todas as coisas. É a ausência de violência. É ser gente, gostar de gente e agir como gente.” TATIANA BELINKY, escritora de livros infantis.

“Ser feliz é trabalhar no que se gosta, perto de quem amamos, e ter saúde.” FERNANDO GOMES, diretor do programa Cocoricó, da TV Cultura.

“Felicidade é olhar no espelho de manhã e gostar de quem eu vejo. É me disponibilizar para a alegria do outro. É crer na simplicidade. É crescer e continuar sabendo como brincar.” WELLINGTON NOGUEIRA, criador e coordenador geral dos Doutores da Alegria.

“Não é estarmos o tempo todo sorrindo, se divertindo ou achando tudo lindo. Felicidade é muito mais: uma sensação interna de satisfação pelo que somos, pelo que estamos fazendo, pelo que representamos aos outros, pelo que sabemos que ainda podemos fazer. É termos liberdade de escolha, senso crítico para escolhermos por quais caminhos queremos andar, e nos sabermos fortes para suportar estas escolhas.” HENRIQUE SITCHIN, diretor da Cia. Truks.

“Uma pessoa feliz é uma pessoa bem resolvida, que está de bem com a vida, que tem forças para lutar quando há adversidades, que tenha tido demonstrações de amor em sua vida.” DENISE FRAGA, atriz e colunista da CRESCER.

Eu sempre comento aqui no Achados algumas coincidências que ocorrem em nossas vidas: o Luiz participou de uma homenagem para a Tatiana Belinky e lá encontrei a Cristiane Rogério, editora-assistente da Revista Crescer. Na muvuca do evento apenas nos comprimentamos. Passado o evento eu fui à minha médica. Na sala de espera achei uma revista Crescer, edição 98 de janeiro de 2007, perdida entre outras revistas. Lendo as matérias, me deparei com uma da Cristiane sobre A felicidade. Comentei com ela por e-mail que havia gostado muito da matéria, e ela me respondeu que havia escrito outras, e me enviou os links (clique 1 e 2), de onde retirei os belos pensamentos acima. Outra coincidência: a primeira frase é da Tatiana Belinky, uma pessoa que transmite muita paz e alegria às pessoas. Assim, aproveitamos  pra desejar para o Natal e o ano-novo: FELICIDADE. Pra nós, deste Achados & Perdidos, a felicidade são as boas coincidências, que fazem com que encontremos amigos, um amor, um livro perdido, matérias superlegais como estas da Cristiane, enfim, é isso: que nós todos encontremos a felicidade em cada gesto, em cada sorriso, em cada momento de nossa vida, e saibamos reconhecê-la e aproveitá-la.

3 comentários:

Cristiane disse...

Meninos, que bela surpresa!
Achados, perdidos, coincidências! A vida é mesmo feita de belos encontros, não?
Obrigada por fazer parte da vida de vocês!
Beijos,
Cris Rogerio

Marcelo Maluf disse...

Tereza e Luiz,
É o seguinte, fui convidado para um a espécie de corrente dos oito desejos dos blogs, e faço o meu convite a vocês. Dá uma espiada no meu labirinto e vejam lá os passos dessa divertida brincadeira!!!
Marcelo Maluf

Nanete Neves disse...

Isso se chama sintonia. Belo post.